• LoboRemer

Overbooking. E agora?!

Não conseguiu embarcar por causa do overbooking? Saiba o que fazer e quais são seus direitos! Ao se programar para uma viagem aérea, de férias ou a trabalho o passageiro espera chegar ao seu destino com a maior rapidez possível. Entretanto, chegando ao aeroporto, é informado que seu voo foi cancelado.

Overbooking ou preterição de embarque ocorre quando o embarque não é realizado por culpa da companhia, seja por motivo de segurança operacional, troca de aeronave, bem como a venda de passagens aéreas em número maior do que a quantidade de lugares disponíveis no avião.

Mesmo que o passageiro chegue cedo ao aeroporto para fazer o “check in” e garantir o embarque no voo que havia programado, corre o risco não poder embarcar, devido à empresa ter vendido mais passagens do que tinha disponível naquele voo, causando constrangimentos e prejuízos.

Assim, mesmo que o passageiro tome todas as cautelas necessárias, não conseguindo embarcar, deverá ser realocado em outro voo (não importando se da mesma companhia aérea) com a máxima urgência.

Acontece que o passageiro sofre vários danos, pois não chegará ao seu destino no horário marcado, podendo inclusive perder compromissos já agendados pelo não embarque no horário e dia do voo marcado pela companhia aérea. Para garantir seus direitos, é recomendável, também, que o passageiro obtenha um documento confirmando a exclusão do voo.

Pelos graves transtornos causados por essa situação, o passageiro poderá processar a companhia aérea, fazendo jus à indenização por danos morais, pela falha do prestador de serviço. E deve fazê-lo, afinal cumpriu sua parte, pagando o preço estipulado e chegando para o “check in” no horário programado.

#Aeroporto #Overbooking #CompanhiaAérea #Passagem #Ressarcimento

0 visualização

ASSINE PARA RECEBER ATUALIZAÇÕES, POSTS E NOVIDADES

© 2020 LoboRemer